POSTAGENS RECENTES

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

21 DEZEMBRO 2012 - INÍCIO DO VERÃO NO HEMISFÉRIO SUL



Photobucket


Estação mais quente do ano deve ter temperaturas acima do normal  na maior parte do País nos próximos três meses. 
Condições para temporais persistentes serão menores neste ano.


A estação das altas temperaturas e das fortes chuvas começa nesta sexta-feira no hemisfério sul.
No Brasil, o início do Verão será às 9h11, no horário de Brasília.
Segundo a agência Climatempo, a estação deve ser marcada por temperaturas mais altas que a média dos últimos anos e por chuvas irregulares e menos volumosas em áreas como o Sudeste e Centro-Oeste, regiões normalmente castigadas por grandes concentrações de chuva em curto espaço de tempo.

O verão 2012/2013 no Brasil não será afetado pelo fenômenos como o El Niño ou La Niña, que agem de acordo com a temperatura das águas do Oceano Pacífico. Por conta disso, no Atlântico, as águas próximas à região Nordeste continuam mais frias do que o normal, o que vai impactar no avanço das frentes frias.

Segundo o meteorologista Alexandre Nascimento, da Climatempo, sem a influência do Pacífico, a estação no Brasil ficará na dependência das condições do oceano que banha a sua costa. "Neste ano, as condições indicam para chuva escassa no Nordeste e irregulares nas demais. Ficando irregulares faz mais calor do que o normal, como já estamos observando desde essa primavera. Chuva irregular quer dizer que em alguns dias chove muito forte, mas de forma isolada, mas passamos muitos dias sem chuva intensa sobre uma mesma região".

Segundo a Climatempo, a expectativa é que as frentes frias ao chegar ao Brasil sejam logo desviadas para alto-mar, o que irá dificultar a formação da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), sistema comum desta época e que caracteriza-se por uma extensa faixa de nuvens carregadas que atravessa o País, desde o Atlântico até o sul da região Norte, passando pelas regiões Sudeste e Centro-Oeste. As áreas que ficam sob a influência da ZCAS recebem chuva persistente e volumosa por vários dias seguidos.

Devido à menor intensidade de ZCAS neste Verão, a estação deve ser de chuva irregular e menos volumosa em áreas como o Sudeste e o Centro-Oeste. Apesar disso, como é característico do verão, devem ocorrer temporais que provocam alagamentos e deslizamentos de terra.

"Com essa irregularidade temos grandes chances de ocorrer chuvas intensas em poucas horas. Desta forma, regiões críticas como a região serrana do Rio podem sim sofrer com temporais, mas em menos frequência do que em anos que ocorre chuva moderada e intermitente", disse Nascimento.



Photobucket




A data e o horário da passagem das estações são definidos pela astronomia e referem-se ao solstício, que no caso do Verão, marca o período de maior incidência de radiação solar sobre o hemisfério sul, enquanto que no hemisfério norte, acontece a menor incidência de radiação, iniciando por lá o inverno. No Brasil, o verão é tipicamente úmido na maioria das áreas, o que marca o período das chuvas.


No hemisfério Norte o início do Inverno

Photobucket







2 comentários:

  1. A ver vamos se escapamos ao fim do mundo, para vivermos o frio que se adivinha por aqui!
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida Felipa, aqui um calor insuportável... Aí o frio que nem imagino... (Nosso inverno tem apenas alguns dias que descem a temperatura...)
      Que se agasalhe bem! E cuide-se para ficar confortável.
      Beijos

      Excluir

Related Posts with Thumbnails