POSTAGENS RECENTES

sexta-feira, 13 de maio de 2011

13 MAIO - NOSSA SENHORA DE FÁTIMA


(Reedição de 12 Maio 2011)

Photobucket


Clique na imagem para ampliar


Era o ano de 1917 e o mundo vivia a Primeira Grande Guerra, por isso, as mensagens de Nossa Senhora eram sempre sobre a necessidade da oração – sobretudo da reza do terço diariamente – para que a paz chegasse às nações em guerra.

Photobucket

A 13 de Maio de 1917, três crianças apascentavam um pequeno rebanho na Cova da Iria, freguesia de Fátima, concelho de Vila Nova de Ourém, hoje diocese de Leiria-Fátima.

Chamavam-se Lúcia de Jesus, de 10 anos, e Francisco e Jacinta Marto, seus primos, de 9 e 7 anos.

Por volta do meio dia, depois de rezarem o terço, como habitualmente faziam, entretinham-se a construir uma pequena casa de pedras soltas, no local onde hoje se encontra a Basílica. De repente, viram uma luz brilhante; julgando ser um relâmpago, decidiram ir-se embora, mas, logo abaixo, outro clarão iluminou o espaço, e viram em cima de uma pequena azinheira (onde agora se encontra a Capelinha das Aparições), uma 'Senhora mais brilhante que o sol', de cujas mãos pendia um terço branco.



Link aqui...


A Senhora disse aos três pastorinhos que era necessário rezar muito e convidou-os a voltarem à Cova da Iria durante mais cinco meses consecutivos, no dia 13 e àquela hora. As crianças assim fizeram, e nos dias 13 de Junho, Julho, Setembro e Outubro, a Senhora voltou a aparecer-lhes e a falar-lhes, na Cova da Iria. A 19 de Agosto, a aparição deu-se no sítio dos Valinhos, a uns 500 metros do lugar de Aljustrel, porque, no dia 13, as crianças tinham sido levadas pelo Administrador do Concelho, para Vila Nova de Ourém.

Na última aparição, a 13 de Outubro, estando presentes cerca de 70.000 pessoas, a Senhora disse-lhes que era a 'Senhora do Rosário' e que fizessem ali uma capela em Sua honra. Depois da aparição, todos os presentes observaram o milagre prometido às três crianças em Julho e Setembro: o sol, assemelhando-se a um disco de prata, podia fitar-se sem dificuldade e girava sobre si mesmo como uma roda de fogo, parecendo precipitar-se na terra.

Posteriormente, sendo Lúcia religiosa de Santa Doroteia, Nossa Senhora apareceu-lhe novamente em Espanha (10 de Dezembro de 1925 e 15 de Fevereiro de 1926, no Convento de Pontevedra, e na noite de 13/14 de Junho de 1929, no Convento de Tuy), pedindo a devoção dos cinco primeiros sábados (rezar o terço, meditar nos mistérios do Rosário, confessar-se e receber a Sagrada Comunhão, em reparação dos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria) e a Consagração da Rússia ao mesmo Imaculado Coração. Este pedido já Nossa Senhora o anunciara em 13 de Julho de 1917, na parte já revelada do chamado 'Segredo de Fátima'.

Anos mais tarde, a Ir. Lúcia conta ainda que, entre Abril e Outubro de 1916, tinha aparecido um Anjo aos três videntes, por três vezes, duas na Loca do Cabeço e outra junto ao poço do quintal da casa de Lúcia, convidando-os à oração e penitência.

Desde 1917, não mais cessaram de ir à Cova da Iria milhares e milhares de peregrinos de todo o mundo, primeiro nos dias 13 de cada mês, depois nos meses de férias de Verão e Inverno, e agora cada vez mais nos fins de semana e no dia-a-dia, num montante anual de quatro milhões.

Os Videntes de Fátima


Photobucket


Os pastorzinhos sofreram grandes perseguições pelos encontros com a Senhora. Porém, com a devoção crescente e a ocorrência de milagres, as autoridades locais viram-se obrigadas a aceitar a verdade daqueles acontecimentos.

LÚCIA DE JESUS - A principal protagonista das Apariçôes nasceu em 22 de Março de 1907, em Aljustrel, na paróquia de Fátima.

Em 17 de Junho de 1921, ingressou no Asilo de Vilar (Porto), dirigido pelas religiosas de Santa Doroteia. Depois foi para Tuy, onde tomou o hábito, com o nome de Maria Lúcia da Dores. Fez a profissão religiosa de votos temporários em 3 de Outubro de 1928 e, em 3 de Outubro de 1934, a de votos perpétuos. No dia 24 de Março de 1948, transferiu-se para Coimbra, onde ingressou no Carmelo de Santa Teresa tornando o nome de Irmã Maria Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado. No dia 31 de Maio de 1949 fez a sua profissão de votos solenes.A Irmã Lúcia veio a Fátima várias vezes: em 22 de Maio de 1946; em 13 de Maio de 1967; em 1981, para dirigir, no Carmelo, um trabalho pictórico sobre as Aparições; em 13 de Maio de 1982 e 13 de Maio de 1991.


FRANCISCO MARTO

Nasceu em 11 de Junho de 1908, em Aljustrel. Faleceu santamente no dia 4 de abril de 1919, na casa de seus pais. Muito sensível e contemplativo, orientou toda a sua oração e penitência para consolar a Nosso Senhor.

Os seus restos mortais ficaram sepultados no cemitério paroquial até ao dia 13 de Março de 1952, data em que foram trasladados para a Basilica da Cova da Iria, lado nascente.

JACINTA MARTO

Nasceu em Aljustrel, no dia 11 de Março de 1910. Morreu santamente em 20 de Fevereiro de 1920, no Hospital de D. Estefânia, em Lisboa, depois de uma longa e dolorosa doença , oferecendo todos os seus sofrimentos pela conversão dos pecadores, pela paz no mundo e pelo Santo Padre.

Em 12 de Setembro de 1935 foi solenemente trasladado o seu cadáver do sepulcro da família do Barão de Alvaiázere, em Vila Nova de Ourém, para o cemitério de Fátima, e colocado junto dos restos mortais do seu irmãozinho Francisco.

No dia 1 de Maio de 1951, efetuou-se, com a maior simplicidade, a trasladação dos restos mortais de Jacinta para o novo sepulcro preparado na Basilica da Cova da Iria, lado poente.

O processo de beatificação dos Videntes de Fátima, Francisco e Jacinta Marto, depois das primeiras diligências feitas em 1945, foi iniciado em 1952 e concluido em 1979.

Uma imagem de Nossa Senhora de Fátima foi coroada solenemente em 1946, na cidade de Fátima, que hoje é um dos maiores centros de peregrinação mundial.

Em 15 de Fevereiro de 1988, foi entregue ao Santo Padre João Paulo II e à Congregação para a Causa dos Santos a documentação final que poderá levar o Santo Padre a proclamar 'beatos' os dois videntes de Fátima. Entretanto foram já declarados ' veneráveis' por Decreto de 13 de Maio de 1989 daquela Congregação. O último passo será, como esperamos, a canonização, pela qual serão declarados 'santos'.

No Brasil

No Brasil, a devoção chegou com os portugueses e logo se espalhou, chegando até nossos dias pelos descendentes daqueles primeiros colonizadores. Comemora-se a festa no dia 13 de maio por ser este o dia da primeira aparição da Senhora aos pastores.


Oração a Nossa Senhora de Fátima


Photobucket


Santíssima Virgem,
nos montes de Fátima vos dignastes revelar a três pastorinhos os tesouros de graças contidos na prática do vosso Santo Rosário.
Incuti profundamente em nós o apreço a essa devoção,
a vós tão querida,
a fim de que, meditando os mistérios da redenção,
nos aproveitemos de seus preciosos frutos e alcancemos a graça...
Que vos pedimos se for para melhor colaborarmos com a glória de Deus, que é a vida em abundância do ser humano.
Amém.

(reza-se o Pai-Nosso, a Ave Maria e o Glória ao Pai).


Convido- os

A lerem a postagem do ano passado 13 Maio - Nossa Senhora de Fátima


E ao site que gostei muito, escolhido entre tantos, a disposição na Internet





Clique no link e assista ao vivo, 24 horas conectado. Você pode ver tudo que está acontecendo agora na Capelinha de Fátima, em Portugal.

http://www.fatima.pt/capelinha.html



Um comentário:

  1. Nossa Senhora de Fatima , intercedei pelas familias e a conversão de todos .... Amém

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails