POSTAGENS RECENTES

sábado, 19 de fevereiro de 2011

19 FEVEREIRO - DIA DO ESPORTE E DO ESPORTISTA



Photobucket


Você sabia que o dia 19 de fevereiro é dedicado
ao esporte e ao esportista?

E que em 10 de fevereiro comemora-se o
dia do atleta profissional?

A prática do esporte,
além de fazer muito bem para a saúde,

também é um instrumento social muito poderoso,
uma vez que ajuda a tirar das ruas crianças,
que podem ser vítimas das drogas e da violência.





Existem várias modalidades esportivas na atualidade. Dentre as mais populares no Brasil estão
o futebol, o atletismo, a natação,
o basquete e o vôlei.


Photobucket

Não há idade ou limitação física que impeça as pessoas de praticarem qualquer tipo de esporte. Exemplos disso são os jogos paraolímpicos, disputados por deficientes físicos, ou os torneios que envolvem pessoas da terceira idade. O que se exige apenas é o respeito às regras que cada modalidade possui e vontade real de ser um esportista.

A prática de esportes aumenta a capacidade mental e dá agilidade aos reflexos. Ajuda na diminuição do mau colesterol e evita problemas cardíacos. O esporte combate a depressão, reduz o risco de doenças crônicas, retarda o processo de envelhecimento, é bom para os ossos, evita insônia, alivia o estresse e o abatimento físico.

Na área social, o esporte mobiliza as comunidades (principalmente as mais carentes) e permite que muitos jovens se transformem em atletas profissionais, defendendo suas modalidades em competições no país e no exterior.

Photobucket


A importância do esporte na sua saúde



Por causa do seu estilo de vida moderno, o ser humano tem se tornando cada vez mais sedentário, ou seja, não se movimenta muito, anda ou se exercita pouco. A situação se torna pior devido à má alimentação, à obesidade, ao consumo de cigarros e de bebidas alcoólicas e ao estresse do dia-a-dia. O resultado de tudo isso são as doenças.
Além de ter uma vida mais saudável, o esporte gera outros benefícios, como:

Auto-estima: a prática regular de exercícios aumenta a confiança do indivíduo. Ele passa a se sentir bem fisicamente e mais motivado para o dia-a-dia.

Capacidade mental: pessoas ativas têm reflexos físicos e mentais mais rápidos, além de maior nível de concentração e memória mais apurada.

Colesterol: exercícios intensos e regulares aumentam os níveis de HDL (conhecido por “bom colesterol”) no sangue, o que ajuda na redução dos riscos de doenças cardíacas.

Depressão: segundo pesquisas, pessoas com depressão, que praticam exercícios de 15 a 30 minutos em dias alternados, experimentam uma variação positiva do humor já após a terceira semana de atividade.

Doenças crônicas: os sedentários têm duas vezes mais chances de desenvolver doenças cardíacas. A atividade física constante regula a taxa de açúcar no sangue e reduz o risco de diabetes.

Envelhecimento: além de fortalecer os músculos e o coração, os exercícios podem ajudar a manter a independência física e a habilidade para o trabalho, retardando o processo de envelhecimento.

Ossos: usar acessórios durante os exercícios regulares, como pesos, por exemplo, ajuda na construção e manutenção da massa óssea.

Sono: quem se exercita “pega” no sono com mais facilidade, dorme profundamente e acorda restabelecido, pronto para a correria do dia.

Estresse e ansiedade: a atividade física libera os hormônios acumulados durante os momentos de estresse e funciona como uma espécie de tranquilizante natural. Após realizar o exercício, a pessoa experimenta uma sensação de serenidade.


DICAS IMPORTANTES

• É fundamental procurar um médico e fazer uma avaliação física para prevenção de riscos à sua saúde. Essa avaliação verifica a força muscular, a flexibilidade nas articulações, a composição corporal (percentual de gordura e peso corporal) e a capacidade funcional cárdio-respiratória (funcionamento dos pulmões e coração).

• Tenha bons hábitos alimentares. Faça as refeições corretamente, de forma moderada, diariamente. Elimine ou evite alimentos que só contribuem com calorias e que não têm valor nutritivo. Evite ou reduza o consumo de chá, café e álcool, pois eles podem causar uma diminuição da eficiência muscular. Prefira água e sucos naturais em vez de refrigerantes. Evite alimentos gordurosos, pois além de prejudicar o processo digestivo, aumentam o colesterol e o percentual de gordura no organismo.

• Use a roupa correta durante a atividade física. Não use peças de tecidos sintéticos que dificultam a troca de temperatura entre o corpo e o meio ambiente. Prefira roupas claras, leves e que mantenham a maior parte do corpo em contato com o ar, facilitando a evaporação do suor. Use tênis apropriado para a modalidade física escolhida.

• Não esqueça que, antes da atividade física, é preciso fazer alongamento e aquecimento. Essas ações preparam o corpo para a atividade a ser realizada, evitando riscos aos músculos, tendões e articulações. Devem ser realizados antes e após os treinos e devem durar, no mínimo, 5 minutos.


Photobucket

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails