POSTAGENS RECENTES

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

20 JANEIRO - DIA DE SÃO SEBASTIÃO










Dia 20 de janeiro é feriado no Rio. Nesta data os portugueses, no século XVI, expulsaram os franceses dessas terras cariocas. Era o dia de São Sebastião, e a cidade, que foi fundada pouco depois foi dedicada ao santo. Sebastião nasceu em Narbona (atual Narvonne, França), no final do século III d.C., sendo criado e educado em Milão, Itália. Influenciado pela mãe, desde criança Sebastião se mostrou fervoroso na fé cristã. Adulto, alista-se no exército romano. Ser um soldado nessa época não era fácil para um cristão, pois no exército romano se praticavam muitos ritos pagãos, isto é, se praticava muita idolatria nas solenidades militares. Sebastião destacava-se como um soldado corajoso e passou a fazer parte da guarda pessoal do imperador Diocleciano. Galério, co-regente do Império, influenciado por sua mãe, que praticava feitiçaria, instigou Diocleciano a expulsar do exército todos os cristãos, e depois, acontece a mais terrível e praticamente última perseguição aos cristãos em todo o Império Romano. O alvo não era matar os cristãos, mas forçá-los a renegarem a fé. Isto era feito através de prisões, torturas, queima de templos e das Escrituras Sagradas. Sebastião, convicto de sua fé, ajuda como pode os perseguidos até ser denunciado por um soldado. Diocleciano, que admirava Sebastião, sentiu-se traído e tentou convencer Sebastião a renunciar a Cristo. Sebastião não só não renunciou, como defendeu fervorosamente sua fé. Irado, Diocleciano mandou que Sebastião fosse morto a flechadas. Amarrado em uma árvore, Sebastião é alvejado por uma chuva de flechas, e depois abandonado para sangrar até a morte. Uma cristã chamada Irene, junto com outras mulheres, foram dar sepultura ao corpo, quando então perceberam que ainda estava vivo. Irene cuida das feridas de Sebastião, que um tempo depois, se restabelece e volta a propagar sua fé em Cristo. A convicção de Sebastião em nada esmoreceu, ele se apresentou novamente a Diocleciano pedindo que parasse de perseguir os cristãos; pedido rejeitado. Diocleciano manda espancar Sebastião até a morte com pauladas e bolas de chumbo. Para evitar que Sebastião fosse venerado como mártir, Diocleciano manda jogar o corpo no esgoto. Porém, depois os cristãos o recolheram e o enterraram na Vía Apia, na célebre catacumba que leva o nome de São Sebastião.
O culto a São Sebastião é muito antigo; é invocado contra a peste e contra os inimigos da religião, e além disso é chamado o Apolo cristão já que é um dos santos mais reproduzidos pela arte em geral.



Photobucket




No Brasil São Sebastião passou a ser muito popular, sendo-lhe dedicadas várias, paróquias católicas e muitos municípios levam o seu nome. Mém de Sá e Estácio de Sá escolheram o dia de Sebastião, 20 de janeiro, em 1567, para expulsar do Rio de Janeiro os franceses e índios Tamoios, os quais foram derrotados em uma única batalha. Daí vem a confusão que geralmente se faz entre esta data (que marcou a posse definitiva dos portugueses das terras cariocas), e a data da fundação da cidade, que ocorreu em anos antes em 1º de março de 1565.


Em algumas regiões do Brasil, São Sebastião é identificado com o orixá Oxosse nos cultos afro-brasileiros.





Um Brasil de religiosidade e fé festeja o Dia de São Sebastião, 20.01. As mais numerosas manifestações devem ocorrer na cidade do Rio de Janeiro, que tem o santo como seu Padroeiro, e dedica a ele o seu principal feriado municipal – embora a data de fundação seja 1° de março.

Curiosidades:
O noticiário nacional registra dados interessantes sobre São Sebastião, que é reverenciado como padroeiro ou como um santo muito influente. Há registros praticamente em todos os estados brasileiros. Alguns mais significativos:
Em Minas Gerais são oito cidades que levam o nome do santo: São Sebastião da Bela Vista, São Sebastião da Vargem Alegre, São Sebastião do Anta, São Sebastião do Maranhão, São Sebastião do Oeste, São Sebastião do Paraíso, São Sebastião do Rio Preto, São Sebastião do Rio Verde.
Em São Paulo, há o Município de São Sebastião. Fica no litoral norte, a 209 Km da capital. Também existe São Sebastião da Grama, na região de Campinas, a 205 Km da capital.
A Paraíba também tem um município com o nome do santo: é São Sebastião do Umbuzeiro, localizado  no Cariri, a 461 Km de João Pessoa. O padroeiro também é festejado em grande número de municípios, inclusive Gurjão, distante 218 Km da capital.
A exemplo do que ocorre em todo o Nordeste, São Sebastião é festejado em grande número de municípios de Pernambuco, como Igarassu, na Região Metropolitana do Recife; Paudalho, na Zona da Mata Norte, Lagoa de Itaenga, São Bento do Una e Garanhuns (bairro da Boa vista), no Agreste.
No Sertão, destaque para Quixaba, Iguarcy e Brejinho, além de Afogados da Ingazeira (bairro de São Sebastião) e São Bento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails